Take the first step!

Submit your details for
a Free eligibility assessment




    Become an EU citizen if you have Lithuanian heritage

    Take the first step!

    Submit your details for a free eligibility assessment




      Take the first step. We’ll take care of the rest.

      STEP 1

      Take a Free assessment

      Submit your details and our expert will get back to you

      STEP 2

      Find out if you are Eligible

      We will do full Eligibility assessment for Free

      STEP 3

      Restore your Citizenship

      We will take care of the whole process until your Citizenship is granted!

      Quando um jovem tenta recuperar a sua nacionalidade Lituana, considera a possibilidade de ser recrutado para servir no exército. Mas será verdadeiramente esta uma questão com que se preocupar?

      De um modo geral, todos os jovens homens podem ser alvo de serviço militar, mas nem todos servem no exército.

      A Lituânia possui um requisito militar que foi reintroduzido em 2015, devido ao seu contexto geopolítico. No entanto, é difícil imaginar que Australianos ou Americanos com nacionalidade Lituana possam ser, de fato, forçados a servir no exército Lituano a não ser que se decidam alistar voluntariamente. E porquê?

      Atualmente, apenas homens com idades compreendidas entre os 19 e os 26 anos podem ser recrutados. O serviço militar dura 9 meses, mas a prioridade é dada a pessoas que decidam juntar-se às forças armadas voluntariamente. Na prática, isso significa que apenas 2% dos homens dentro do grupo etário elegível é recrutado para o exército todos os anos, embora a percentagem daqueles que se juntam ao exército seja muito menor. Existem cerca de 150000 homens no grupo etário elegível, apenas 30000-38000 são escolhidos ao acaso para a lista de recrutamento, mas apenas 3000 pessoas serão retiradas dessa lista todos os anos. Em muitas regiões, a recruta termina uma vez que se juntam voluntariamente ao exército as pessoas suficientes e, como tal, não há necessidade de recrutar mais ninguém. De fato, apesar da recruta ter sido anunciada oficialmente em 2015, o número de voluntários em 2015 e 2016 foi sempre suficiente para preencher todas as vagas disponíveis no exército. Aparentemente, este ano não haverá necessidade de recrutar ninguém mesmo que não haja voluntários.

      O que fazer se for selecionado ao acaso durante a recruta?

      Mesmo que seja selecionado ao acaso da lista de recruta, poderá requisitar o adiamento do serviço militar pelas seguintes razões:

      a) estudo;

      b) emprego, e ser recrutado durante 9 meses iria resultar na perda desse emprego;

      c) em caso de danos financeiros significativos, em caso de recruta – por exemplo, seria demasiado dispendioso voar de outro país para a Lituânia e depois regressar;

      d) se a pessoa não falar lituano, pelo que seria tecnicamente difícil e dispendioso garantir que completava o serviço militar sem a presença de um tradutor;

      e) por razões médicas, etc.

      No caso do serviço ser adiado, a pessoa poderia aparecer novamente na lista (e requerer novamente um adiamento) ou poderia até não aparecer na lista (uma vez que é gerada aleatoriamente todos os anos). Em qualquer caso, a decisão final é tomada por um comité especial, pelo que teria de escrever uma carta, suportada pela documentação adequada, a explicar o fato de não poder cumprir o serviço militar, no caso de ser selecionado aleatoriamente.

      Resumindo, qualquer homem com idades compreendidas entre 19 e 26 anos, com nacionalidade lituana, poderá aparecer na lista da recruta. No entanto, tendo em conta o número de voluntários que demonstram vontade de se juntar ao exército lituano, é bastante improvável que uma pessoa que seja selecionada ao caso seja, de fato, solicitada para cumprir serviço militar. Se o for, no entanto, terá a possibilidade de pedir permissão para não se juntar ao exército devido ao fato de não possuir conhecimento sobre a língua lituana e aos custos associados à viagem.